12.04.2017
Vendas no comércio caem em fevereiro de 2017, diz IBGE

 As vendas do comércio varejista brasileiro recuaram 0,2% em fevereiro em comparação com janeiro, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (12). Em relação a fevereiro de 2016, o varejo nacional recuou 3,2%, 23ª taxa negativa consecutiva na base de comparação. No acumulado dos dois meses do ano, o comércio varejista acumula redução de 2,2% e, nos 12 meses, de 5,4%.

Já em relação à receita nominal de vendas, houve alta de 0,4% em fevereiro em comparação ao mesmo período de 2016, de 0,1% em relação a janeiro deste ano, de 2,1% nos dois primeiros meses do ano e de 4,2% nos últimos 12 meses.

O IBGE revisou ainda a taxa de janeiro em relação a dezembro. Em vez do recuo de 0,7% divulgado no mês passado, a revisão aponta que houve foi um crescimento de 5,5%. Segundo o instituto, foi feita uma atualização metodológica, aprimorando a amostra e reavaliando o peso de cada uma das atividades.

De acordo com o gerente da Coordenação de Serviços e Comércio do IBGE, Pedro Quinstslr, o cálculo inicial do indicador havia considerado como base o ano de 2011 e, a partir de janeiro, passou-se a considerar o ano de 2014.

“O que nós fizemos foi um aprimoramento da metodologia. Foi feita uma atualização da amostra de informantes”, enfatizou.

Ao ser questionado sobre a grande diferença entre o dado inicialmente divulgado e o revisto, Pedro explicou que a variação foi influenciada por dois fatores principais que convergem exatamente para a mudança metodológica da pesquisa.

“A revisão nos dados de janeiro e, principalmente, a revisão nas ponderações do ano base. Estávamos utilizando os pesos amostrais da Pesquisa Anual de Comércio (PAC) e agora estamos usando os pesos do cadastro de seleção da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC). fone g1 .

VOLTAR
Untitled Document