30.03.2017
Vacina contra febre amarela está acabando em postos do Rio
Vacina contra febre amarela está acabando nos postos da cidade do Rio de Janeiro. A Secretaria Municipal de Saúde diz ter 50 mil doses disponíveis, estoque que deve se esgotar nesta quinta-feira (30). A vacinação, entretanto, não é obrigatória. A cidade está fora da área de recomendação da vacina e não teve nenhum caso da doença.

Se uma carga extra de vacinas não for obtida, os postos da cidade correm o risco de desabastecimento. Durante o dia, os secretários municipal e estadual de Saúde vão até Brasília pedir mais 250 mil doses para o Ministério da Saúde. Essa quantidade é, segundo eles, suficiente para mais uma semana de vacinação.

No posto de saúde da Rua Henrique Valadares, no Centro do Rio, pessoas que desejam se vacinar contra febre amarela formam uma fila desde 6h30. Os pacientes reclamam que estão enfrentando problemas em diferentes postos para conseguir a imunização contra a doença.

O Ministério da Saúde afirma que toda a população do Estado do Rio de Janeiro será vacinada ainda este ano.

Sintomas

Os sinais e sintomas mais comuns da doença são: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos que duram, em média, três dias. Nas formas mais graves da doença, podem ocorrer icterícia (olhos e pele amarelados), insuficiências hepática e renal, manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

E importante ressaltar que a vacina não é recomenda para pessoas com doenças como lúpus, câncer e HIV, devido à baixa imunidade, nem para quem tem mais de 60 anos, grávidas e alérgicos a gelatina e ovo. (Veja perguntas e respostas sobre o surto em MG ).fone g1.

VOLTAR
Untitled Document